Poesia

SER FELIZ DÁ MEDO

Há sempre de se procurar um coração aberto. Mas desarme-se de seus medos, Os medos são armas mortais para a fé. Procuras vazias não encontram nada. O medo é a cegueira na escuridão imaginária. Ser feliz está na coragem de se despender dos medos E fazer de possíveis erros a vitória do conhecimento, Em outras […]

Continue Reading
Poesia

“porque é assim que se cuida dos amados”

o que pode o amor na sua filosofia incompreensível, senão mostrar-se sempre dádiva e bondade e, se distante, querer ser presente e se presente, __________________entender o derredor… amor é sempre mais amor quando visível e, quando não possível, ainda assim maior. o que podem as criaturas cativas deste sentimento, senão vivê-lo em cada minuto de […]

Continue Reading
Literatura

“Quando O Amor Chamar, Siga-O”

Quando o amor vos chamar, segui-o, Embora seus caminhos sejam agrestes e escarpados; E quando ele vos envolver com suas asas, cedei-lhe, Embora a espada oculta na sua plumagem possa ferir-vos; E quando ele vos falar, acreditai nele, Embora sua voz possa despedaçar vossos sonhos Como o vento devasta o jardim. Pois, da mesma forma […]

Continue Reading
Poesia

Dentro e Fora

“Por fora tenho tantos anos, que você nem acredita… Por dentro, doze ou menos, e me acho mais bonita!.. Por fora, óculos, rugas, gordurinhas, prata nos tintos cabelos… Por dentro sou dourada, imaculada, corpo de modelo! Por fora, em aluviões, batem paixões contra o peito… Paixões por versos, pinturas, filosofia e amigos sem despeito… Por […]

Continue Reading
Poesia

Sentir primeiro

    Sentir primeiro, pensar depois Perdoar primeiro, julgar depois Amar primeiro. educar depois Esquecer primeiro, aprender depois   Libertar primeiro, ensinar depois Alimentar primeiro, cantar depois Possuir primeiro, contemplar depois Agir primeiro, julgar depois Navegar primeiro, aportar depois Viver primeiro, morrer depois   Mário Quintana Faça parte de nossos encontros – eventos no facebook

Continue Reading
Back To Top