Constelação Familiar

Para onde você olha quando precisa se curar?

O corpo
Para onde olhamos primeiro quando precisamos da cura? Olhamos para onde algo dói. Ou seja, olhamos primeiro para o nosso corpo. É no corpo, acima de tudo, que esperamos por alívio. Procuramos um médico que conheça o corpo e suas funções. Ele nos examina e encontra o local que está doendo e o órgão que está sofrendo.
Trata do local dolorido e fornece ajuda ao órgão que não desempenha mais, parcial ou totalmente, suas funções.
Que meios ele utiliza no tratamento necessário para a cura? Ele utiliza os meios que possui à sua disposição como médico. Por exemplo, meios capazes de retirar a dor. Isso já é um alívio enorme para nós.
Trata de um local ferido com as mãos, por exemplo, endireitando um membro deslocado. Às vezes corta algo fora ou costura um ferimento, curando-o com uma pomada.
Às vezes, percebe que nosso corpo está com falta de algum nutriente ou outra coisa, capaz de restabelecer suas capacidades. Prescreve-nos tais meios para que os usemos. Principalmente, prescreve-nos meios para coibir bactérias ou vírus em nosso corpo.
Ao mesmo tempo, sentimo-nos em boas mãos junto a ele. Isto também nos faz bem. Depositamos confiança nele, o que já nos faz sentir melhor. Criamos esperança de que esse tratamento nos curará.


A alma
O que acabamos de aprender aqui sobre a cura, além do tratamento corporal? Além de nosso corpo, nossa alma e nossos sentimentos também desempenham um papel importante na cura. Também devem ser tratados de uma boa maneira. Muitas vezes, sentimos a dor na alma de forma ainda mais intensa que as dores corporais.
Quais são geralmente as dores da alma? Quase sempre, são dores causadas por uma separação no presente, ou vêm da lembrança de separações ocorridas no passado, muitas vezes em nossa infância. Tais dores são experimentadas como traumas. Principalmente em casos onde somos expostos a elas de forma desprotegida, sem poder nos afastar delas.
Essas dores advindas de separações são armazenadas em nosso corpo, podendo ser resgatadas a qualquer instante, por exemplo, através de imagens internas capazes de evocar sentimentos passados, sem que precisemos lutar contra isso.
Nesse momento, nosso comportamento perante as pessoas muda. Sem estar imediatamente conscientes disso, esperamos por uma nova separação que virá.
Ao mesmo tempo, nosso corpo reage de uma forma que faz algo nele se apertar. Ficamos apertados. Por exemplo, perdemos o apetite ou não conseguimos respirar direito. Ou então, nosso coração dói e fica apertado. Ao invés de nos movimentarmos, ficamos sentados ou até mesmo de cama. Nossa força vital e nossas esperanças de uma vida feliz esmorecem. Tornamo-nos tristonhos e fisicamente doentes.
Qual será o resultado quando procuramos um médico nesse estado? Esperamos a cura? Ou aniquilamos internamente seus esforços? Separamo-nos dele sem esperanças como outrora? Onde começa a cura?
Em primeiro lugar na alma, através da cura das dores da separação do passado. Retornamos às pessoas das quais nos sentimos separados de forma dolorosa. Dessa forma, retornamos também à esperança. Ao longo deste livro mostrarei, em detalhes, como isso é possível. Ao mesmo tempo, irei conduzi-lo ao caminho da cura da alma através de exercícios internos e meditações.


O espírito
A pergunta é: como conseguimos a compreensão e a força para seguir esse caminho? A quem obedece a nossa alma? De onde obtém a fé na cura do corpo?
Ela obtém essa fé do amor. De um outro amor, muito além do amor que nos adoece, que nos adoece primeiro na alma e depois no corpo. Pois, o amor também faz adoecer. Por isso, é importante distinguir entre o amor que adoece e o amor que cura.
Você se surpreende com essa informação? Essa compreensão se manifesta como verdadeira em diversos sentidos nas Constelações Familiares. Todavia, o amor que leva à doença é diferente do amor que cura.
Diferentemente do amor que sentimos em nossas relações, o amor que cura é um amor do espírito. É o amor deste poder espiritual que, de forma criativa, trouxe à existência tudo aquilo que é.


Fonte Bert Hellinger – Livro A Cura


#EspaçoAuraQuartz
#SejaEstejaSorria
#SelmaFlavio 

Você deseja realizar a sua Constelação Familiar, informações 11 973873144 – Selma


About Selma Flavio

Selma Flavio - Resoluções Sistêmicas e Terapias Vibracionais CTN – SP nº. 0879 Educadora e formada em Constelação Familiar Sistêmica, atuando com técnicas vibracionais tem como instrumentos de profundo conhecimento o meio de levar autoconhecimento e tratamentos terapêuticos eficazes. Atua com com grupos terapêuticos, Workshop e atendimentos individuais - presenciais e online. Tornei-me terapeuta a procura de mim mesma, assim uma terapeuta completa, apaixonada pelo que faz e, com prazer e amor no trabalho. Site pessoal www.selmaflavio.com.br 11-97387.3144 Facebook www.facebook.com/TerapiaDesenvolvimentoPessoal e-mail selma@selmaflavio.com.br
Selma Flavio
<p>Selma Flavio - Resoluções Sistêmicas e Terapias Vibracionais<br /> CTN – SP nº. 0879</p> <p>Educadora e formada em Constelação Familiar Sistêmica, atuando com técnicas vibracionais tem como instrumentos de profundo conhecimento o meio de levar autoconhecimento e tratamentos terapêuticos eficazes. Atua com com grupos terapêuticos, Workshop e atendimentos individuais - presenciais e online. </p> <p>Tornei-me terapeuta a procura de mim mesma, assim uma terapeuta completa, apaixonada pelo que faz e, com prazer e amor no trabalho.</p> <p>Site pessoal www.selmaflavio.com.br<br /> 11-97387.3144</p> <p>Facebook www.facebook.com/TerapiaDesenvolvimentoPessoal<br /> e-mail selma@selmaflavio.com.br</p>
http://www.selmaflavio.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top