Entenda o que é Psicopatia Infantil e as principais características do problema


A criança que apresenta a psicopatia infantil já nasce com esse problema, e apresenta diversos problemas que afetam a sua conduta perante as outras pessoas.

As formalidades médicas impedem que uma criança seja considerada psicopata, uma vez que o diagnóstico de Transtorno de Personalidade Antissocial só é aplicável em pessoas com mais de 18 anos. Crianças que apresentam certos comportamentos antissociais são diagnosticadas com Transtorno de Conduta.

Estima-se que essa desordem mental atinja entre 1% e 2% da população mundial. Estudos mostram que os psicopatas apresentam deformações em uma estrutura cerebral chamada amígdala — responsável pelas reações emocionais do ser humano — e, como consequência, os portadores deste problema não desenvolvem o superego e não conseguem aprender ou entender valores sociais.

Embora não exista uma causa específica para a Psicopatia, sabe-se que o problema não é causado por traumas ou eventos vivenciados pelo indivíduo. A pessoa já nasce com essa desordem, e não possui a capacidade de simpatizar com as emoções dos outros, são apáticas, dominadas pelo excesso de razão e a ausência de emoção.

Características de uma criança com Transtorno de Conduta

  • Hábito de mentir;
  • Incapacidade de tolerar a frustração;
  • Hábito de maltratar de maneira cruel os coleguinhas, irmãos e animais domésticos;
  • Ausência de culpa ou remorso, além de não demonstrar o menor constrangimento quando são pegas fazendo algo errado;
  • Conduta desafiadora às figuras de autoridade, como professores e pais;
  • Preocupação excessiva com os próprios interesses;
  • Tendência a culpar outras pessoas pelos seus erros;
  • Violação constante às regras sociais.

Como os pais devem agir diante de um Transtorno de Conduta

É importante ressaltar que as características de um psicopata, acima citadas, são muito genéricas e apenas um diagnóstico médico feito por especialistas pode dizer com exatidão se a criança possui ou não um distúrbio de conduta. Os pais também precisam ficar atentos com a frequência e intensidade que esses comportamentos se manifestam.

É possível que as crianças e adolescentes que apresentam transtorno de conduta tornem-se psicopatas quando adultos. Por isso, é fundamental que os pais adquiram conhecimento sobre o tema e passem a reconhecer a disfunção nas crianças. Quando o transtorno é identificado em um grau leve, a psicopatia pode ser modulada por meio de vigilância constante, regras mais duras e uma educação mais rigorosa.

 

Fonte sbie


 

About Selma Flavio

Selma Flávio - Resoluções Sistêmicas e Terapias Vibracionais CTN – SP nº. 0879 Educadora e formada em Constelação Familiar Sistêmica, atuando com técnicas vibracionais tem como instrumentos de profundo conhecimento o meio de levar autoconhecimento e tratamentos terapêuticos eficazes. Atua com com grupos terapêuticos, Workshop e atendimentos individuais - presenciais e online. Tornei-me terapeuta a procura de mim mesma, assim uma terapeuta completa, apaixonada pelo que faz e, com prazer e amor no trabalho. Site pessoal www.selmaflavio.com.br 11-97387.3144 Facebook www.facebook.com/TerapiaDesenvolvimentoPessoal e-mail selma@selmaflavio.com.br

Deixe uma resposta