É mais fácil suportar a doença do que aceitar a benção


“As Ordens do Amor são forças dinâmicas e articuladas que sopram e revoluteiam em nossas famílias ou relacionamentos íntimos. Percebemos a desordem que sua turbulência nos causa como as folhas percebem o redemoinho – sob a forma de sofrimento e doença. Em contra partida, percebemos seu fluxo harmonioso como uma sensação de estar bem no mundo.”

“Nem todos os sofrimentos e doenças são causados por distúrbios em nossos relacionamentos, é claro: mas, visto que freqüentemente fazer alguma coisa contra as angustias que não brotam dessa turbulência sistêmica, elas são objeto de atenção especial em nosso trabalho. Quando compreendemos as leis sistêmicas que permitem a efusão do amor, capacitando-nos a ajudar famílias e pessoas em sofrimento a encontrar soluções, e mudar seus ambientes psicológicos. É profundamente tocante observar clientes que entram em contato com as Ordens do Amor e, espontaneamente, se entregam a um íntimo e suave amor, mesmo depois de uma vida de ódios, rancores e agressões. Todavia, lutar apenas com as armas da vontade pode estabelecer o equilíbrio sistêmico num relacionamento, permitindo que o amor floresça. Penetrar as Ordens do Amor é sabedoria. Segui-las com amor é humildade.”

O instrumento que Bert Hellinger utiliza para tornar visível a dinâmica normalmente oculta dos sistemas de relacionamento é a Constelação Familiar.

Doenças graves, suicídios, acidentes são alguns fatos que freqüentemente presenciamos nas constelações. São motivados pelo amor – o amor cego da criança. As crianças amam de acordo com um sistema de crenças mágicas. Para elas, o amor significa: “Para onde você for eu vou também. O que você fizer, eu farei também” ou “Amo- o tanto que quero estar sempre com você”. Isto é: “Vou acompanhá-lo na doença” e “Vou segui-lo na morte”. Quando alguém ama dessa maneira, fica evidentemente vulnerável às doenças graves.

Nas constelações, sempre observamos que os mortos, os doentes e os que padecem de um destino adverso querem que os sobreviventes estejam bem. Uma morte ou infortúnio é suficiente. Os mortos querem bem aos vivos. Não é apenas a criança que ama; amam também todos os que sofreram ou morreram. Para que se dê a cura sistêmica o cliente precisa reconhecer o amor do ente querido e reverenciar o destino dele. Os bons desejos podem curá-lo e esta seria a solução: acolher no coração, na alma a força do amor do ente querido. Quando os mortos ocupam o seu devido lugar na família, causam efeitos benéficos para a família. Do contrário, causam ansiedade e sofrimentos. Se tem seu devido lugar na família, ajudam os sobreviventes a viver, em vez de alimentar-lhes a ilusão de que devem morrer também.

“A Simetria oculta do Amor” –
Bert Hellinger

 

“O sofrimento é aprova de que nossa alma pueril necessita para não se sentir culpada perante a família. Ele garante e protege o direito de participação. Toda desventura causada por dificuldades sistêmicas é acompanhada pela satisfação profunda de pertencer à família e pelo anseio do amor. Problemas e vicissitudes, por outro lado, fortalecem o sentimento de participação. E, muitas vezes, esse tipo de participação parece mais importante que a felicidade ou é a própria felicidade”.

 

“Constelações Familiares”-
Bert Hellinger

 

Às vezes soluções importantes vêm à tona: O problema e o sofrimento são mais fáceis de suportar do que a solução. Isso tem a ver com o fato de que sofrer ou manter o problema é algo que está profundamente vinculado a um sentimento de inocência e lealdade com relação à família num nível mágico. Com isso a pessoa tem esperança de que o próprio sofrimento possa salvar outra pessoa da família. O cliente vê que a tia não precisa de salvação e isto representa para ele uma grande decepção, porque, dessa forma tudo o que ele fizera por ela até então teria sido em vão. Isso não é fácil de reconhecer. Às vezes o cliente se nega a fazer uma reverencia, prefere manter o problema ou o sofrimento, mesmo conhecendo a solução.

Bert Hellinger

 


O momento para tomar decisões assertivas, com o olhar sistêmico.

Venha conhecer mais sobre o olhar das constelações sobre as questões pessoais, relacionamentos,
saúde e muito mais.

Fale conosco 11 973873144

www.selmaflavio.com.br  

 


 

Leia mais Constelação Familiar

 


 

About Selma Flavio

Selma Flávio - Resoluções Sistêmicas e Terapias Vibracionais CTN – SP nº. 0879 Tornei-me terapeuta a procura de mim mesma, assim tornei-me uma terapeuta completa, apaixonada pelo que faz e, com prazer e amor no trabalho. Site pessoal www.selmaflavio.com.br 11-97387.3144 Facebook www.facebook.com/TerapiaDesenvolvimentoPessoal e-mail selma@selmaflavio.com.br

Deixe uma resposta