Amor que nos faz bem

“Depois da paixão, a relação começa a significar outra coisa, algo como: ‘Agora estou vendo melhor quem você é, e já não mexe tanto comigo, mas o suficiente para eu o escolher e seguir um caminho comum em alguma direção (ou não, e nesse caso escolho ir embora). Aqui, a relação deixa de ser um movimento incontrolável e passa a ser uma escolha, ao mesmo tempo que um olhar cada vez mais próximo da realidade de como é o outro em todas as suas dimensões e imperfeições.
E com a escolha há uma aceitação: ‘Eu o aceito desse jeito, com sua história, seu passado, suas origens, seus vínculos anteriores, seus filhos etc. Aceito-o com seus valores, medos, estilo afetivo, emoções, feridas, talentos etc., e assumo a alegria e também o custo que implica um vínculo profundo na alma com você, e o amo assim’. (…)

“Alguns casais são visitados por uma força superior, ainda maior que o compromisso: a entrega. O amor com entrega é transcendente porque é o mais generoso possível: nele se ama a vida e os fatos tal como são, despojando-os de paixões egoístas. O sentimento que impera é: ‘Continuo te amando, independentemente de para onde você vai, e independentemente de para onde me leve meu próprio caminho”.

Joan Garriga, no livro “O Amor que nos faz bem”

 

 


Confira- Evento especial para relacionamentos  Venha Ter Um Segundo Olhar no Amor – Constelação Familiar 

Leia mais Almas Gêmeas 

Leia mais Relacionamentos


Selma Flávio – Constelação Familiar e Terapias Vibracionais 
(Atendimentos Individuais e Grupos)
CTN – SP nº. 0879 - www.selmaflavio.com.br / 11-9.7387.3144 whatsapp /selmaflavio@gmail.com
Local: Tatuapé – SP

 

Here

About Selma Flavio

Selma Flávio - Resoluções Sistêmicas e Terapias Vibracionais CTN – SP nº. 0879 Tornei-me terapeuta a procura de mim mesma, assim tornei-me uma terapeuta completa, apaixonada pelo que faz e, com prazer e amor no trabalho. Site pessoal www.selmaflavio.com.br 11-97387.3144 Facebook www.facebook.com/TerapiaDesenvolvimentoPessoal e-mail selma@selmaflavio.com.br

Deixe uma resposta